Sobre Pocinho

A aldeia do Pocinho situa-se na margem esquerda do rio Douro. Pertencente ao concelho de Vila Nova de Foz Côa, viu nascer o escritor e jornalista Francisco José Viegas, que lá viveu os primeiros anos de vida.

O comboio chegou ao Pocinho no século XIX e a bordo trouxe o impulso para o crescimento da região, já que, na época, a estação constituía um importante entreposto de mercadorias, minérios e produtos agrícolas. É aqui que, desde 1988, termina a Linha do Douro, altura em que foi encerrado o troço que chegava a Barca D’Alva e Espanha.

A barragem e os desportos aquáticos

Inaugurada em 1983, a barragem do Pocinho é a segunda mais recente do Douro português e a última, com eclusa, em território nacional. Subindo ou descendo o rio, pela barragem passam os cruzeiros que ligam a Régua ao Pocinho ou Barca D’Alva.

A livre utilização da albufeira atrai os amantes de desportos aquáticos que ali podem aproveitar a tranquilidade do Douro. Aliás, é aqui, mesmo na margem do Douro, que fica o Centro de Alto Rendimento de Remo do Pocinho.

20 Mil anos de História a 15 minutos do Pocinho

A 11 quilómetros do Pocinho está o Parque Arqueológico do Vale do Côa. As margens do rio Côa, afluente do Douro, são conhecidas pelas pinturas rupestres - pedaços da História do nosso território que o Homem gravou na pedra há mais de 20 mil anos.

As visitas estão recheadas de cultura e, para os mais arrojados, há a possibilidade de um passeio noturno pelas gravuras do Côa.

Pontos de interesse na região:

Estação de comboios do Pocinho

Parque Arqueológico do Vale do Côa

Museu da Fundação do Côa

Igreja Matriz De Vila Nova de Foz Côa

Igreja Matriz de Torre de Moncorvo