Atividades para fazer no Douro no inverno

Atividades para fazer no Douro no inverno

O inverno não tem de ser obrigatoriamente melancólico e cinzento. Também pode ser inspirador e cheio de cor. Por isso, se está a pensar fazer uma escapadinha, o Douro é uma excelente opção. A região tem um brilho característico em qualquer altura do ano, mas no inverno é mais intenso. É o local ideal para sair da rotina e é por isso que é cada vez mais procurado nesta altura do ano, quer por turistas portugueses quer por turistas estrangeiros. Não são só as suas paisagens arrebatadoras ou beleza natural, por isso descubra várias atividades para fazer no Douro no inverno.

1. Cruzeiro das Pontes

Atividades para fazer no Douro no Inverno | Cruzeiro das Pontes | Rota do Douro

O Cruzeiro das Pontes é um passeio de barco que dura aproximadamente 50 minutos. É uma das boas atividades para fazer no Douro no inverno. Durante o percurso pelas águas do Douro, poderá conhecer a história que une as pontes, bem como as suas culturas, num trajeto sem igual que alia a imponência do Mosteiro da Serra do Pilar aos traços característicos da Ribeira e da Afurada. Um panorama absolutamente arrebatador distinguido com o título de Património Mundial.

Como não implica a passagem por qualquer barragem, o Cruzeiro das Pontes é efetuado durante todo o ano. Realizado no típico Barco Rabelo, durante o inverno o primeiro barco parte às 11 horas e o último às 16 horas. Já o preço situa-se nos 15 euros, sendo que crianças até aos 3 anos não pagam. Crianças dos 4 aos 12 anos têm 50 por cento de desconto, desde que estejam acompanhadas por um adulto. 

2. Museu do Douro

Atividades para fazer no Douro no inverno - Museu do Douro | Rota do Douro
Fonte: Centro Nacional de Cultura – Núcleo do Porto | Flickr

Visitar o Museu do Douro é uma das boas atividades para fazer no Douro no inverno. O edifício situa-se no Peso da Régua e foi inaugurado em 2008, depois da reabilitação de que foi alvo. O Museu do Douro está intrinsecamente ligado à história da Região Demarcada do Douro do século XVIII e preserva os costumes da região vinhateira, valorizando também atividades ligadas à vitivinicultura, enoturismo e turismo cultural.

Tem uma Área de Exposições e aí poderá ver a Exposição “Douro, Matéria e Espírito”. Mas não só. O Museu do Douro tem diversos espaços atrativos, como o Restaurante “A Companhia”, a Loja, o Centro de Informação (Arquivo e Biblioteca) a Sala de Leitura, o Centro de Conservação e Restauro, o Wine Bar e, por fim, uma Esplanada no Jardim com vista para o… magnífico Rio Douro. O Serviço Educativo do Museu do Douro, outro espaço que pode visitar, situa-se num espaço adjacente, recortado por xisto preto.

Além da exposição permanente, o Museu recebe ainda exposições temporárias de fotografia, arquitetura e artes plásticas, sempre com a temática do Douro.

3. Pinhão

Atividades para fazer no Douro no inverno | Pinhão | Rota do Douro

Pinhão é uma pequena e adorável vila situada bem no coração do Alto Douro Vinhateiro. O local, Património Cultural da Humanidade, fica ladeado pelos rios Douro e Pinhão, e é de lá que sai grande parte do vinho do Porto. É uma vila com pouco mais de 600 habitantes e que por ano recebe bastantes turistas, a maior parte deles apaixonados por vinho e pelo Alto Douro Vinhateiro. Os montes com socalcos são um dos principais pontos de interesse da vila, mas quem passa por Pinhão não deixa de… passar por outros locais. A estação de caminhos-de-ferro e os seus azulejos trabalhados, bem como a ponte imponente, são outros dois destinos obrigatórios.

A região é mais visitada de maio a outubro, devido às vindimas. Por isso, se optar por conhecer Pinhão no inverno poderá desfrutar da sua maior tranquilidade.

4. Estrada Nacional 222

Atividades para fazer no Douro no inverno | EN222 | Rota do Douro
Fonte: Roads to drive

Se num daqueles dias de muito frio não lhe apetecer ficar no conforto do lar, aventure-se pela Estrada Nacional 222, ou EN 222, considerada uma das mais bonitas do Mundo. A EN 222 liga Vila Nova de Gaia a Almendra e é conhecida pela sua envolvência característica, em particular os troços ao longo do Rio Douro. O quilómetro zero é junto à estação de metro de Santo Ovídio.

 

Ao todo, a já apelidada de Route 66 de Portugal tem 226,3 quilómetros e abrange três destinos classificados como Património Mundial da Humanidade: a Ribeira portuense, o Alto Douro Vinhateiro e as Gravuras Rupestres de Foz Côa. O troço Régua – Pinhão é o ex-líbris do percurso, num total de 27 km ao longo do Douro.

 

Pelo caminho, poderá apreciar a beleza das terras da região, ao fazer paragens em Cinfães do Douro, Resende, Régua, Pinhão, São João da Pesqueira ou Vila Nova de Foz Côa. É uma das boas atividades para fazer no Douro no inverno. E em família.

5. Enoturismo

Atividades para fazer no Douro no Inverno | Enoturismo | Rota do Douro

O Douro é uma região vinícola bastante reputada, não só em Portugal como no Mundo. É onde se produzem vinhos distintos, de aromas e paladares únicos, com história e tradição secular.

Ao optar pelo enoturismo, terá a possibilidade de provar o tradicional Vinho do Porto, mas também fazer parte da sua conceção através de workshops. Das caves à cozinha, poderá ainda experimentar as já famosas cooking experiences e aprender mais sobre as iguarias durienses. Uma ótima oportunidade para apreciar um bom vinho enquanto cozinha a sua própria refeição. 

Há famosas e requintadas Quintas no Douro que estão abertas todo o ano e, como no inverno há menos procura, as provas conseguem ser um pouco mais personalizadas.

Em suma, visitar a região do Douro é uma ótima ideia durante todo o ano. Mas se não gosta de grandes multidões, fazê-lo no inverno poderá mesmo ser a melhor opção. A lista de atividades é bastante diversificada, por isso aventure-se. Não se irá arrepender!